Aulas são suspensas após temperaturas chegarem a - 67º C em região da Rússia

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

17 de janeiro de 2018.

Nem os termômetros aguentaram a queda nas temperaturas na remota região russa de Yakutia, que atingiu - 67º C em algumas áreas nesta terça (16).

Nessa região, a cerca de 5.300 km de Moscou e onde vivem 1 milhão de pessoas, os estudantes costumam ir à escola mesmo quando a temperatura chega a - 40º C. Mas nesta terça as aulas foram canceladas e a polícia mandou os pais deixarem seus filhos em casa.

Nem os termômetros aguentaram a queda nas temperaturas na remota região russa de Yakutia, que atingiu - 67º C em algumas áreas nesta terça (16).

Nessa região, a cerca de 5.300 km de Moscou e onde vivem 1 milhão de pessoas, os estudantes costumam ir à escola mesmo quando a temperatura chega a - 40º C. Mas nesta terça as aulas foram canceladas e a polícia mandou os pais deixarem seus filhos em casa.

Mas alguns veículos de imprensa publicaram selfies de pessoas mostrando o quanto estava frio e histórias sobre proezas nas temperaturas extremas. Mulheres postaram imagens com os cílios completamente congelados, enquanto a YakutiaMedia publicou uma foto de estudantes chineses que tiraram as roupas para mergulhar em uma fonte termal.

Fonte: G1

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||