Demitido por não pagar o dízimo

“E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.” Mateus 24:11

04 de novembro de 2015.

 

Uma decisão do TRT-PR (Tribunal Regional do Trabalho do Paraná) manda a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias pagar R$ 30 mil de indenização a um ex-funcionário, demitido porque deixou de pagar o dízimo à instituição.

As informações são da assessoria de imprensa do tribunal.

De acordo com a decisão, o funcionário, que atuava como coordenador de ensino, foi despedido sem justa causa em março de 2012 após 12 anos de trabalho para a igreja.

"Pouco tempo antes da demissão, um documento emitido pelo bispo e líder eclesiástico da instituição informou ao empregador que o coordenador de ensino não estava em dia com a contribuição mensal, que corresponde a 10% do salário", informou o tribunal.

O funcionário foi à Justiça alegando ter sido vítima de discriminação.

Na primeira instância, foi vitorioso. A igreja recorreu, e perdeu novamente. Cabe recurso.

Fonte: Agora.

voltar para Falsos profetas

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||