Uso de armas climáticas é verdade ou teoria da conspiração?

09 de julho de 2017.

 

As armas climáticas têm realmente sido desenvolvidas em muitos países e isso custou enormes somas de dinheiro. Mas onde está a fronteira entre a fantasia e a ciência?

Yevgeny Krutikov escreveu em uma matéria sobre as armas climáticas no jornal Vzglyadque há muitos rumores sobre o uso destas armas, mas a maioria das hipóteses são muito exageradas. Não há dados oficiais sobre o uso de armas climáticas, ou mesmo de armas geofísicas, além de casos particulares.

Desde o início dos anos 30 do século passado, nos EUA foram realizadas pesquisas sobre as armas climáticas. Isto não era segredo, contrariamente à opinião dos conspirologistas. A União Soviética também elaborou projetos semelhantes, mas destinados a fins econômicos. No país foram por toda a parte usados meios para influenciar o clima nos interesses do setor agrícola.

Falando sobre o uso de armas climáticas para fins militares, o autor do artigo lembrou que houve projetos para resistir aos meios eletrônicos e óticos do inimigo usando as condições meteorológicas. Por exemplo, é possível "cegar" o adversário criando uma cortina de moléculas cristalinas em estado de suspensão. Ou, ao contrário, melhorar as caraterísticas da atmosfera para aumentar a penetrabilidade das próprias ondas de rádio.

Tais pesquisas na União Soviética foram usadas não apenas para fins econômicos –  era usada a cristalização de nevoeiros para diminuir as ameaças à aviação no Extremo Norte russo.

Na verdade, é impossível controlar grandes fenômenos atmosféricos como os ciclones ou anticiclones, que abrangem áreas de mais de centenas ou milhares de quilômetros. Por exemplo, uma nuvem de chuva tem uma quantidade da energia que equivale à de várias bombas nucleares. Para "dirigir" esta nuvem é preciso usar mais energia do que essa.

Em 1977 os testes de armas climáticas foram proibidos por uma resolução da ONU. Depois a URSS e os EUA assinaram um acordo bilateral análogo. Desde então, ninguém tem realizado pesquisas ou testes de grande escala de tais armas. Mas os conspirologistas e defensores do meio ambiente continuam acusando regularmente os governos de vários países de realizarem tais testes. 

Agora a maioria dos rumores se concentra em torno do projeto norte-americano HAARP – um grande conjunto de antenas que fica em Alasca e foi construído em 1997 para estudar a ionosfera da atmosfera. 

O projeto não trouxe nenhuns resultados reais, mas é acusado de provocar doenças anteriormente desconhecidas, de quedas de aviões e outras desgraças, bem como dos mais diversos desastres naturais.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/defesa/201707098826360-armas-climaticas-vrdade-ou-teoria-de-conspiracao/

Enviar comentário

voltar para Conhecendo Mais Sobre...

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||