"Manda mais vinho", já pediam os hebreus há mais de 2000 anos

Quem lê a mensagem gravada neste pedaço de cerâmica, escrita em 600 antes de Cristo, pensa até que a informação é de hoje: “manda mais vinho”, pedia o soldado hebreu Hananyahu ao seu colega, Elyashiv. 

mais vinho

A mensagem estava oculta numa peça encontrada em 1965 na região onde hoje fica Israel. Somente agora, mais de 50 depois, o uso da tecnologia multiespectral permitiu que os pesquisadores da Universidade de Tel Aviv conseguissem localizar a informação, apagada há muito pela ação do tempo.  

 No total, são três linhas de texto. Além de pedir vinho, o soldado oferecia apoio ao amigo no que precisasse, sugeria compartilhar algo da época com outras pessoas e afirmava que um terceiro colega havia levado consigo um tanto de vinho frisante. 

A peça, chamada de óstraco, era usada para anotar receitas, listas e até para escrever cartas. Ela foi achada em um local onde ficava o reino de Judá – que foi destruído pouco depois, em 586 a.C, pelo rei babilônico Nabucodonosor.

Enviar comentário

voltar para Arqueologia Bíblica

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||